Ordenação e início de trabalhos

Em preparação a minha ordenação presbiteral, que aconteceu em Rondon, no dia 14 de fevereiro de 2009, fiz uma semana de retiro antecedendo a ordenação. Optei por fazê-lo em Umuarama, junto com um colega, diácono Edson, que também se preparava para ser ordenado. (mais…)

Perder

Perder

 

Durante nossa vida temos que fazer um necessário, mas dolorido aprendizado: a perda. Para ganhar é preciso perder. Para alcançarmos alguma coisa é preciso abrir mão de outras. A vida é feita de escolhas. Muitas vezes escolhas doloridas. (mais…)

A vida é curta para ser pequena.

A vida é curta para ser pequena.

 

Somos itinerantes neste mundo, não teremos aqui morada permanente. Somos viajantes rumo à pátria celeste, ao aconchego da Trindade. Somos criados por Deus, pensados por Deus. Onde estávamos antes de nascer? Em Deus. Para onde vamos quando morrermos? Para Deus. Por isso, eu pergunto: vale a pena passar pela vida gastando energia para acumular tesouros neste mundo. (mais…)

Primeira semana de Padre e missionário

Minhas primeiras semanas como Padre e Missionário foram realizadoras. Valeu todo o esforço durante o processo formativo, todos os livros lidos, o estudo teológico bem feito. Estar com o povo, povo simples, pobre, acolhedor, povo de fé, faz-me lembrar de uma música que diz: “como é bonito Senhor do meio do povo escutar tua voz, é tão bonito saber que sempre caminha no meio de nós”. É junto do povo que encontramo-nos com Deus.

Ser missionário é fazer a experiência da liberdade, do despojamento, do desapego e da gratuidade. O que mais me impressionou e me realizou foi ouvir as pessoas. Pessoas já com uma certa idade que chegam e dizem: frei, o que eu vou te falar eu nunca falei para ninguém e partilham suas vidas com tanta confiança que encanta. O mais bonito é perceber a mudança em seus próprios rostos por terem ser libertado de algo que incomodava a tempo.

Ouvir o sofrimento, a dor do povo faz-nos colocar os pés no chão. A teologia da encarnação está muito presente na vida de um missionário. Para mim tem sido uma escola, um grande aprendizado.

Vocação

Vocação

A primeira vez que pensei em ser Padre foi na quarta série do primeiro grau. A professora, me lembro que se chamava Laura, pediu para que escrevêssemos o que gostaríamos der ser quando crescêssemos. Sem pensar muito escrevi a primeira palavra que me veio em mente: Padre. Pensei em apagar, pois achei que não tinha sentido nenhum, pois pensei: eu não vou ser Padre mesmo, porém, deixei. O problema é que teria que ler para a sala toda e eu tinha vergonha, porém enfrentando as possíveis brincadeiras que imaginei acontecerem, li. (mais…)

Vocação

Parece-me  que a “ficha caiu”, as coisas ficaram mais claras. Vocação é um chamado de Deus e uma resposta do Ser humano. Se a pessoa responde positivamente deve ser por causa de Deus. Deus deve ser o centro. Se Deus não for o centro não está certo, está errado. Até porque o meu sim é dado pelo Espírito que está em mim, Ele que me dá condições de responder positivamente. (mais…)

Gratidão

Como é gratificante olharmos para trás e perceber o quanto evoluímos durante um certo período histórico. Nosso coração se enche de alegria por perceber que ficou presente em tantos corações.  Sentimos que já não existimos  isoladamente, mas estamos  ligados a outras  pessoas.  Isso  é possível a  partir do  momento em que vamos nos abrindo para o amor. A partir do momento que nos doamos deixando-nos consumir como uma vela. Vamos sumindo, mas multiplicando-nos em diversos corações. Não há solidão para quem aprendeu a amar. O outro, o diferente completa o que faltava em mim, a necessidade de ser amado.

Trabalho Missionário

Neste espaço partilharei minha experiência de trabalho missionário. Serei ordenado Presbítero no próximo dia 14 de fevereiro. A partir deste dia iniciarei uma nova caminhada e quero descrever e refletir teologicamente as experiências realizadas.

A princípio me impressiona a mobilização de minha comunidade de origem onde acontecerá a celebração de ordenação. Eu tenho procurado preparar-me espiritualmente para receber este sacramento.  Mediante leituras  tenho  encontrado  luzes  para  assumir esta missão. Um livro que tem me ajudado muito é “A Vida” de José Comblin. Neste livro ele mostra a situação social e econômica da América Latina, o verdadeiro sentido da vida e a vida de Jesus como modelo para todos nós.

Paz e bem!!!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 4.387 outros seguidores